Apple corta produção dos AisPods 3 e pode cancelar linha Pro após baixa demanda


A Apple errou na segmentação e agora está colhendo um resultado desastroso quando o assunto é as vendas dos AirPods 3. De acordo com o conhecido Ming-Chi Kuo, a gigante de Cupertino cortou em 30% a produção dos fones sem fio como forma de adequar oferta e demanda.


Isso está acontecendo simplesmente porque a Apple não se atentou ao cenário atual do mercado global de fones sem fio. A empresa achou que o design revisado, a duração de bateria melhorada e o suporte a áudio espacial seria o suficiente para atrair novos usuários ou até mesmo fazer com que os proprietários do modelo original trocassem de fones.


Contudo, o resultado geral é que não há incentivo para a compra do modelo mais recente e isso tem resultado em vendas abaixo do esperado e até mesmo descontos ou promoções inesperadas em varejistas nos Estados Unidos.


Atualmente, o consumidor já pode encontrar fones de ouvido sem fio com recursos avançados e preços mais acessíveis que o cobrado pelos AirPods. Além disso, o mercado está lotado de opções e os dispositivos da Apple acabaram não entregando um diferencial importante.

Kuo também acredita que essa baixa demanda pode influenciar a Apple a cancelar o lançamento da linha Pro em 2023 após apresentar os AirPods Pro 2 no segundo semestre deste ano.


A empresa de Cupertino pode acabar mesclando as famílias de fones e entregando um dispositivo único, mas com recursos esperados pelos usuários.

Claro que essa baixa demanda pelos AirPods 3 ainda não deve arranhar a liderança global da Apple no mercado de fones sem fio, mesmo com a Samsung colhendo ótimos resultados com os Galaxy Buds 2.


Além disso, fontes no mercado indicam que a Apple não deve cobrar mais de US$ 249 (~R$ 1.144) por qualquer fone no futuro, uma vez que a empresa percebeu que o consumidor só está disposto a pagar mais quando há um recurso realmente inovador.


Fonte: Tudo Celular

0 comentário