Apple deixa de vender o iPhone XR com a chegada da linha iPhone 13


A Apple realizou, nesta terça-feira (14), o seu evento anual para a apresentação de novos produtos. Na ocasião, a empresa anunciou a nova geração de iPhones 13. Como é natural no mercado, enquanto alguns produtos chegam, outros saem de linha.


O escolhido da vez para deixar as lojas oficiais da Maçã foi o popular iPhone XR, que detém o título de smartphone mais vendido de 2019.


O smartphone foi lançado em 2018 e chegou ao mercado como uma versão mais acessível em relação aos seus irmãos maiores. O celular conquistou rapidamente os consumidores por oferecer um bom desempenho com um preço mais em conta.


O iPhone XR vem equipado com o processador A12 Bionic e mesmo possuindo um chipset potente de seis núcleos, o modelo conseguiu manter o preço mais abaixo graças a sua tela LCD e ao fato de ter uma construção mais simples, com laterais em alumínio, no lugar de aço inoxidável.

Outro ponto que agradou a muitos usuários foi a câmera do aparelho, que mesmo possuindo uma lente única, produzia fotos de alta qualidade, já que tinha uma abertura de f/1.8 e a mesma resolução de 12 megapixels dos outros modelos, perdendo apenas velocidade no foco automático.


A fabricante também economizou na memória RAM, ao cortar 1 GB na comparação com os modelos mais poderosos lançados no mesmo período. O XR possui 3 GB disponíveis.

A resolução da tela é de 828p, ligeiramente superior ao HD padrão de 720p. Contudo, essa configuração ajudava a bateria do aparelho a durar mais tempo.


No final de 2019, o modelo teve um corte de preço de R$ 900,00. O valor caiu de R$ 5.199 para R$ 4.299, e a Apple deixou de vender a versão de 256 GB, passando a oferecer apenas as opções de 64 GB e 128 GB. Isso o ajudou a manter uma boa quantidade de vendas por aqui.


Fonte: Tudo Celular

0 comentário