• mktsenhorsmart

As melhores novidades do iPhone 12 e dos lançamentos da Apple


iPhone 12, 12 mini, 12 Pro e 12 Pro Max: quatro smartphones, uma nova caixa de som e mais; confira os destaques do evento que ocorreu nessa semana.





Nesta terça-feira (13), a Apple anunciou a nova linha iPhone 12 de celulares e uma nova caixa de som inteligente, o HomePod mini. Os lançamentos, que começam a entrar em pré-venda já no final da semana nos Estados Unidos, trazem uma série de novidades que os usuários e fãs da empresa já esperavam, como a chegada do suporte ao 5G.



Mas, claro, existem outras novidades também interessantes que foram apresentadas no evento de hoje. Se você não pôde acompanhar tudo o que aconteceu ao vivo, pode conferir a seguir um resumo com os principais destaques e novidades dos lançamentos.





1. iPhone 12 mini

Quatro iPhones foram anunciados hoje, mas existe um que merece destaque: o iPhone 12 mini. O celular, basicamente, é uma versão menor do iPhone 12 tradicional. Somente para efeito de comparação, ele é menor do que o iPhone SE (2ª geração), mas possui tela maior de 5,4 polegadas.


O iPhone 12 mini traz o mesmo sistema de câmera dupla do iPhone 12, bem como o mesmo hardware geral. Mas, para quem prefere dispositivos mais compactos e leves (seu peso é de apenas 135 gramas), o modelo 'mini' pode ser o mais recomendado.


2. Design do iPhone 4 e novas cores

Desde o iPhone 6, a Apple vem mantendo cantos arredondados nas laterais do iPhone. Agora, no iPhone 12, a empresa volta com um visual mais reto na moldura metálica. E isso é válido também para o iPhone 12 Pro e 12 Pro Max, com laterais em aço inoxidável.


Sem contrato com operadoras, novo iPhone 12 mini é comercializado por US$ 729 com 64 GB de armazenamento.


Todos eles trazem proteção (IP68) contra água e uma nova camada na tela chamada 'Ceramic Shield'. Segundo a Apple, ela é mais resistente do que o iPhone 11. Ainda comparando com a geração anterior, o iPhone 12 é 11% mais fino, 15% menor e 16% mais leve.


A Apple também trouxe novas cores com o lançamento dos novos iPhones. No iPhone 12 e 12 mini e 12 Pro, é possível escolher entre preto, branco, vermelho, verde e azul. No iPhone 12 Pro Max, as cores são cinza, grafite, ouro e azul.


3. Tela OLED e menos bordas

Pela primeira vez, a Apple trouxe para toda a linha telas OLED. Chamada de tela 'Super Retina XDR', ela possui o mesmo brilho máximo de até 1.200 nits (em conteúdo HDR) nos quatro dispositivos. Inclusive, todos trazem suporte ao 'Haptic Touch' e possuem menos bordas nas laterais da tela.


Nos novos modelos, as telas são de 5,4 polegadas no iPhone 12 mini, 6,1" no iPhone 12 e iPhone 12 Pro, chegando até 6,7" no iPhone 12 Pro Max. Inclusive, essa é a maior tela já colocada em um iPhone – no modelo anterior, ela possui 6,5".


4. O 5G chegou no iPhone





Confirmando os rumores, a Apple trouxe suporte ao 5G (sub-6 GHz e mmWave) em todos os modelos do iPhone 12. Eles ainda suportam LTE Gigabit (4x4 MIMO), trazem Wi-Fi 6 (802.11ax - 2x2 MIMO), Bluetooth 5.0 e NFC. De acordo com a Apple, os novos celulares podem atingir até 4 Gbps de download em redes móveis de quinta geração.


5. A14 Bionic





Novo chipset da Apple promete mais velocidade em atividades computacionais.


O chip A14 Bionic é uma grande aposta da Apple. Apresentado no novo iPad Air, ele possui seis núcleos na CPU e quatro na GPU. A empresa diz que ele é 50% mais rápido do que outros chipsets de smartphones concorrentes. Na nova geração do Neural Engine, ele conta com 16 núcleos e pode realizar 11 trilhões de operações por segundo.


Também está incluso um novo processador de sinal de imagem (ISP) que faz melhorias nas câmeras. A Apple ainda cita que o A14 Bionic é 70% mais rápido em atividades de aprendizado de máquina.


6. Gravação de vídeo Dolby Vision HDR

Com o adicional de um novo ISP, o iPhone 12 e 12 mini passam a suportar gravação de vídeo Dolby Vision HDR com até 30 fps. No iPhone 12 Pro e 12 Pro Max, a captura aumenta para 60 fps. A Apple cita que os modelos 'Pro' vão de 8 para 10 bits, "capturando 700 milhões de cores para vídeos muito mais realistas". Os vídeos gravados também podem ser editados diretamente dos celulares.


7. Carregamento sem fio com MagSafe

Uma grande novidade para os iPhones é o suporte do carregamento sem fio com MagSafe. Ele faz com que outros acessórios com ímãs se encaixem na traseira do iPhone 12, e também aumenta a eficiência de carregamento de 7.5 Watts para 15W.




Mecanismo MagSafe, que já foi usado em MacBooks, chega para acessórios do iPhone 12 com foco no carregamento Wireless.


Ele também permite que outros acessórios sejam acoplados mais facilmente na traseira dos dispositivos, como uma carteira ou novas cases – além, claro, de acessórios para carregamento Wireless.


8. Sensor LiDAR no iPhone





A Apple trouxe para o iPhone 12 Pro Max o scanner LiDAR (Light Detection And Ranging) que deverá trazer novas experiências de realidade aumentada para o smartphone. Ele também oferece foco automático mais rápido, mesmo em pouca luz, e melhora a qualidade das imagens usando o modo retrato noturno. A tecnologia é capaz de medir a distância da luz para entender a profundidade de uma cena.


9. HomePod mini





Mas o primeiro produto apresentado hoje, na realidade, foi o HomePod mini. Ele custa US$ 99, tem total suporte da Siri e integração com o ecossistema da Apple. Com o chip S5, a caixa de som inteligente traz áudio computacional que se ajusta de acordo com as características de cada música tocada.



Novo HomePod mini traz suporte para reprodução de áudio estéreo quando há outro dispositivo no mesmo ambiente.


Existem, claro, outras novidades que também merecem destaque. Uma delas, que tem causado controvérsia, é a decisão da Apple de não mais enviar acessórios como adaptador de energia e fones de ouvido na caixa dos celulares. Além de fazer isso na linha iPhone 12, todos os outros modelos que seguem disponíveis também trarão apenas um cabo USB-C para Lightning como acessório.


Outra novidade não muito animadora para o público brasileiro é que a Apple aumentou os preços por aqui. Com o anúncio de hoje, os celulares já disponíveis como o iPhone XR e 11 passam a ficar até R$ 700 mais caros na versão de base, chegando em até R$ 1.400 a mais com armazenamento expandido. Não existe uma data de lançamento estimada ou preços divulgados para o Brasil.


Fonte: OlharDigital