GeForce Now, serviço de streaming de jogos da Nvidia chega ao Brasil com plano gratuito


Esta quinta-feira (14) marca a chegada oficial do GeForce Now ao Brasil, uma nova plataforma de streaming de jogos da NVIDIA que estava em fase de testes desde setembro, e que enfim pode ser experimentada pelo público geral. Basicamente, o serviço vai rodar os games em servidores da empresa e transmitir essas imagens aos jogadores, seja para PCs ou celulares.


Para quem quer testar o desempenho da novidade e espiar o catálogo, pode testar até o plano gratuito, mas, naturalmente, quem faz a assinatura paga tem benefícios como o acesso prioritário ao servidor e gráficos RTX (que incluem recursos de última geração, como o Ray Tracing e o DLSS). Na versão básica, os gráficos se limitam a GTX e há uma fila de espera para a jogatina — de tempo limitado a apenas uma hora.

Vale ressaltar que quem tiver uma das assinaturas pagas também tem um período limitado de quatro horas para jogar, antes de ser desconectado e ser obrigado a iniciar uma nova sessão. Além disso, a assinatura do serviço não dá acesso a uma biblioteca (fixa ou rotativa) de games, como acontece no Xbox Cloud Gaming, que também chegou há pouco no país.


Na verdade, ele vem como um complemento que permite rodar jogos comprados separadamente em lojas virtuais como Steam, Epic Games Store e Origins — e, além disso, precisam ser compatíveis com a novidade. Para isso, há uma lista que pode ser consultada clicando aqui. Da mesma forma, é possível aproveitar jogos gratuitos como Fortnite e Counter-Strike (considerando que afinal a transmissão seja boa o suficiente).

A novidade chega com três planos ao todo.

  • Plano grátis: streaming com gráficos GTX e fila de espera

  • Mensal: R$ 44,99/mês com gráficos RTX e acesso prioritário aos servidores

  • Semestral: valor equivalente a R$ 40,50/mês com gráficos RTX e acesso prioritário aos servidores

O GeForce Now pode ser acessado pelo site oficial através de diferentes dispositivos, para os quais a NVIDIA indica diferentes requisitos:

  • Internet: conexão de pelo menos 15 MB/s para streaming de 720p a 60 quadros por segundo e 25 MB/s para streaming em 1080p e 60 fps.

  • Windows: computador com Windows 7 ou superior com sistema de 64-bit

  • Celular Android: pelo menos 2 GB de RAM e Android 5.0 compatível com OpenGL ES3.2 ou superior

  • iPhones e iPads: navegador Safari rodando no iOS 14.2, iPadOS 13 ou superior.


Fonte: Tudo Celular

0 comentário