iPhone é pescado em lago após passar cerca de 8 meses submerso


Já imaginou pescar um iPhone? O pescador americano Jason Robinson conseguiu realizar esse feito quando estava trabalhando no rio Waccamaw, em Horry County, no estado da Carolina do Sul, nos Estados Unidos.


A informação foi reportada pelo jornal local WMBF News, que entrevistou o pescador. Robinson relatou que estava pescando e ao puxar sua linha se deparou com um iPhone X e uma foto de um homem e uma mulher que estava entre o dispositivo e a case.


O pescador então limpou o aparelho e compartilhou a fotografia no Facebook em busca dos donos do dispositivo. Não demorou muito tempo e a proprietária foi localizada.


"Sempre me disseram para fazer a coisa certa, não importa o que seja, não importa o que está acontecendo na vida, então no final do dia você sabe que fez o que podia para tornar a vida melhor para outra pessoa. Isso deixou aquela garota muito feliz", disse Jason sobre a atitude tentar devolver o aparelho.


Riley Johnson foi identificada como a dona do iPhone e entrou em contato com o pescador. Segundo ela, a foto que possibilitou a identificação foi tirada enquanto ela e seu marido ainda estavam namorando, em 2018.

A moça relatou que, tanto a foto quanto o telefone, foram perdidos no Dia de Ação de Graças, que é celebrado na última quinta-feira de novembro nos EUA, do ano passado, ou seja, há praticamente oito meses.

A reportagem não informou se o iPhone ainda está funcionando após ficar tanto tempo submerso. Porém, há precedentes de alguns outros casos semelhantes com o modelo da maçã.


A Apple garante uma resistência à água de até 30 minutos a uma profundidade de 1 metro para o iPhone X. Já o iPhone XS possui uma resistência ampliada, para até 2 metros de profundidade.


Fonte: Tudo Celular


0 comentário