Patente revela que Apple ainda está trabalhando em tecnologia de Touch ID sob a tela


O Touch ID, recurso de leitura de impressões digitais da Apple, foi removido de todos os principais iPhones desde 2017 e agora se limita ao iPhone SEinclusive a versão 2022. Mas aparentemente a Maçã ainda não deixou a funcionalidade de lado e pode tornar a integrá-la, mas desta vez sob o display dos celulares.


Rumores sobre a série iPhone 13 apontavam que o Touch ID seria acoplado ao painel dos smartphones, mas no final das contas o retorno do recurso foi cancelado. O iPhone 14 também não deve trazê-lo, e a Apple pretende focar em aprimorar o Face ID.


No entanto, o título de uma nova patente concedida à Apple nesta terça-feira (22) pelo United States Patent and Trademark Office (USPTO) aponta que a Gigante de Cupertino ainda está trabalhando em uma nova versão do Touch ID:

Sensoriamento de impressão digital sob o display baseado em luz angular fora do eixo.

A patente foi depositada há um tempo considerável, em setembro de 2019. Nada impede, é claro, que a Apple ainda esteja progredindo no desenvolvimento do Touch ID sob a tela.


A documentação revela que a Apple está seguindo a rota das impressões digitais ópticas, em vez de experimentar com ultrassom ou outra tecnologia não baseada em luz. Veja um resumo da descrição encontrada na patente:


Um aparelho para sensoriamento por toque inclui uma camada emissora de luz coberta por uma camada transparente e configurada para iluminar uma superfície que toque a camada transparente e permitir a transmissão dos raios de luz refletida da superfície para as camadas subjacentes.

Estamos falando de patentes, portanto nada está gravado em pedra. Empresas de tecnologia publicam inúmeros documentos do tipo e apenas uma pequena parcela aparece em um dispositivo comercial. Teremos que aguardar para saber se a Apple realmente voltará a oferecer o Touch ID — desta vez sob a tela — como uma opção de desbloqueio do iPhone.


Fonte: Tudo Celular





0 comentário