Redmi Note 10 5G chega oficialmente ao Brasil com uma bateria de 5000mAh


Originalmente apresentado ao mercado chinês no mês passado, o Redmi Note 10 5G é membro de uma família de smartphones de grande sucesso, tal que contabilizou meio milhão de vendas em menos de uma hora no momento de seu lançamento.


Agora, o Brasil pode finalmente contemplar o celular de custo-benefício destacável e boas especificações técnicas. A Xiaomi passou a divulgar o modelo em seu site oficial nesta terça-feira (22), oferecendo uma promoção de lançamento atrativa.


Conforme já sabemos, o Redmi Note 10 5G é equipado com o chipset Dimensity 700 da MediaTek, um octa-core poderoso que integra a GPU Mali-G57. Esse hardware é emparelhado com 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno com possibilidade de expansão até 512 GB através de um cartão microSD.


Sua tela IPS LCD de 6,5 polegadas é protegida com Gorilla Glass 3 e atualiza na taxa de 90 Hz. Com resolução Full HD+ (1080 x 2400), o Note 10 5G possui um display nítido de 405 pixels por polegada com um furo dedicado à câmera frontal de 8 MP.


Para seu conjunto fotográfico traseiro, há um sensor principal com resolução de 48 MP que trabalha ao lado de sensores auxiliares de 2 MP, sendo uma lente macro e um sensor de profundidade.


O smartphone conta com uma bateria robusta de 5.000 mAh com suporte ao carregamento rápido de 18 W com interface USB-C. Há também entrada para fone de ouvido de 3,5 mm e suporte ao NFC. Sua conectividade, como o próprio nome sugere, oferece disponibilidade à rede 5G.


O Redmi Note 10 5G desembarcou em solo brasileiro com quatro opções de cor —cinza, verde, azul e prata. Com opção única de RAM e armazenamento, o dispositivo está disponível na loja oficial da Xiaomi do Brasil com desconto de 8% em pagamentos à vista, levando ao preço de R$ 2.483,99. Em outras opções de pagamento, esse valor sobe para R$2.699.


A empresa ressalta também a disponibilidade nas lojas físicas localizadas nos shoppings Ibirapuera e Center Norte, em São Paulo. Outros marketplaces e varejistas nacionais devem oferecer o smartphone em breve.


Fonte: Tudo Celular

0 comentário