• mktsenhorsmart

Samsung Galaxy A52 terá recursos de top de linha segundo informações vazadas


O Galaxy A52 tem lançamento mais que confirmado depois de ter sido homologado pela Anatel, mas detalhes do projeto continuam bem guardados. Dessa vez, o informante e repórter Roland Quandt divulgou especificações da tela e dos sensores que tomarão a traseira do intermediário e, aparentemente, elas demonstram que a Samsung pretende competir com o que há de melhor dos topos de linha, mas para públicos com bolsos mais enxutos.


As informações fornecidas pelo jornalista do site WinFuture começam na traseira. Segundo ele, a câmera principal do Galaxy A52 será de 64 MP a mesma resolução máxima dos Galaxy A71 e M51 , mas com estabilização óptica e 0,8 µm para cada pixel. Na secundária, grande-angular, a lente apresenta resolução de 12 MP e terá 123° de ângulo de visão. Por fim, fecham o conjunto a dupla de sensores de 5 MP para macro e detecção de profundidade. O material que compõe a estrutura do aparelho não foi divulgado, mas é provável que continue sendo plástico.


Na ocasião, o Roland Quandt não deu palpites sobre a aparência do novo celular, mas essa característica já não é um segredo: a traseira deve ser composta por um módulo “invisível” de câmeras no canto superior esquerdo, com as câmeras em filas. Na frente, a tela AMOLED Full HD+ de 6,5 polegadas ocupa quase toda a superfície e dá espaço apenas para a câmera frontal de 32 MP, localizada num furo discreto no formato Infinity-O.


Felizmente, o intermediário trará ainda mais surpresas. O seu display teria 120 Hz de taxa de atualização na variante 5G e 90 Hz de atualização na 4G. Por dentro, o Galaxy A52 mais parrudo teria o processador Qualcomm Snapdragon 750G, enquanto a versão LTE seria embalado pelo Snapdragon 730G.


A diferença de especificações define uma hierarquia clara dentro da linha, contudo, não se sabe se a nomenclatura “5G” será a única a diferenciar os celulares.


Dentro de cada variante, estarão uma bateria de 4,500 mAh e eles vêm ainda com leitor de digitais sob a tela, Android 11 direto da caixa e variantes de 6 ou 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamente. Até agora, as informações antecipadas sobre o próximo celular intermediário da Samsung caminham sem discordâncias, o que fortalece cada um dos comentários anteriores.


Ainda não há previsão para o lançamento do Galaxy A52 lá fora, tampouco no Brasil. Ainda assim, o processo avançado do celular nos órgãos regulatórios nacionais indicam que será um intervalo bem curto entre o anúncio internacional e sua estreia no país. Em preço, a versão 4G sairia por 349 euros (cerca de R$ 2.300, em conversão direta) e a 5G por 429 euros (R$ 2.900).


Fonte: Canal Tech



0 comentário