Segurança Futurística! Aeroporto de Fortaleza começa testar reconhecimento facial nos embarques


Nesta semana, o Aeroporto de Salvador passou a testar uma novidade no embarque dos passageiros. O local agora integra o projeto Embarque +Seguro, o qual possibilita o uso de reconhecimento facial para dispensar a utilização de documento para a pessoa entrar no avião.


A ferramenta foi criada pelo Serpro, em parceria com o Ministério da Infraestrutura, e funciona ao tirar uma foto para verificá-la na base de dados do sistema do governo na identificação do indivíduo.


As informações utilizadas para o reconhecimento facial são fornecidas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No total, seriam algo em torno de 67 milhões de CNHs e 120 milhões de eleitores com biometria facial já registrada.


O Aeroporto de Salvador é o segundo estabelecimento a fazer parte do projeto Embarque +Seguro. O primeiro foi o aeroporto internacional de Florianópolis (SC).


Para manter a proteção do processo, o Serpro criou um aplicativo para o cadastramento da foto do passageiro, a fim de manter a vinculação ao CPF. O presidente da empresa, Gileno Gurjão Barreto, ressalta que o projeto está alinhado com a LGPD.


“A tecnologia do Embarque +Seguro combina validação biométrica com análise de dados, garantindo uma conferência precisa e segura da identidade do cidadão. A solução tem por premissa a segurança no tratamento e a proteção dos dados pessoais dos passageiros contra uso indevido ou não autorizado, estando alinhado à Lei Geral de Proteção de Dados.”


Gileno Gurjão Barreto

Presidente do Serpro


Fonte: Tudo Celular

0 comentário