• mktsenhorsmart

Versão final do Android 11 é lançada e são encontradas mudanças escondidas na análise de códigos.

Após disponibilizar o Android 11 com algumas mudanças visuais em diversas áreas do sistema, menu de energia redesenhado entre outras atualizações interessantes alguns desenvolvedores começaram a analisar as linhas de código desta atualização em busca de informações, como correções e novidades ainda não anunciadas.

o site XDA Developers reuniu tudo o que foi descoberto em uma grande lista, que você confere a seguir. Vale lembrar que algumas ainda não estão finalizadas, enquanto outras podem ser reservadas para o Android 11 de fabricantes ou ainda para o Pixel 5.

Alguns exemplos de novidades são:

Novo canal de áudio para assistentes




Até o Android 10, assistentes virtuais como a Amazon Alexa ou a própria Google Assistente utilizam o mesmo canal de áudio dedicado à reprodução de mídia. Isso fazia com que um usuário não pudesse ajustar o volume dos sons das assistentes sem afetar músicas e vídeos. Com o Android 11, a companhia acaba de corrigir isso, lançando um canal dedicado às assistentes.

Customização do relógio na tela de bloqueio

Conforme relata o site, o Android 10 já trazia sinais de possíveis opções de personalização do relógio na tela de bloqueio, por meio do app Pixel Themes. A versão final do sistema não chegou a oferecer a novidade, que ainda não está disponível para o Android 11, mas a suspeita é que, com o retorno dos códigos da função, essa seja uma das novidades fornecidas com o Pixel 5, ou ainda através das interfaces de outras fabricantes.

Congelamento de apps no cache

Outra novidade, desta vez voltada à área de Opções de Desenvolvedor, é a função "suspender a execução de apps em cache". Descoberto durante a Developer Preview 2, o recurso agora possui sua descrição de uso completa, e impede que aplicativos salvos em cache utilizem ciclos da CPU, o que promete reduzir o consumo de bateria. Segundo o desenvolvedor luca020400, a função ainda demanda atualizações do kernel do Linux, o que indica que também veremos essa novidade chegar apenas com o Pixel 5 e em software de terceiras.

Fundo borrado da barra de notificações

Um efeito de fundo borrado na barra de notificações já havia sido encontrado nas versões de teste do novo Android, mas sem funcionamento apropriado. Na versão final, luca020400 foi capaz de ativar o recurso em sua totalidade, tendo, no entanto, que realizar modificações mais profundas. Essa também deve ser uma mudança dedicada ao Pixel 5 e a fabricantes.

Suporte a Deep Press nas notificações

Uma das funções anunciadas pela Google para a nova versão do Pixel Launcher, o Deep Press utiliza algoritmos avançados e Machine Learning para detectar quando um usuário pressionar a tela do celular com mais força. A tecnologia permite que atalhos extras sejam mostrados em aplicativos, de maneira semelhante ao extinto 3D Touch dos iPhones, estando presente ainda nas notificações.

Bluetooth Gabeldorsche

Um dos recursos mais misteriosos, o "Gabeldorsche" seria uma nova maneira de lidar com a transferência de arquivos via Bluetooth. Ainda não se sabe bem como a tecnologia aprimora a conexão, mas a expectativa fica para a redução de latências e maior estabilidade. É possível que vejamos grandes benefícios no recém-lançado Nearby Share, o "AirDrop da Google".

Conectividade Aprimorada





Ainda focando nas conexões, a Conectividade Aprimorada deve ser um recurso essencial na era do 5G, especialmente para os primeiros aparelhos a adotar o suporte à nova rede. De acordo com a descrição liberada na versão final do Android 11, a função desativará o 5G automaticamente de acordo com análises da temperatura de antenas e outros componentes de conectividade, além da velocidade de conexão.

Multi-Audio Focus

Outra mudança de destaque no sistema de áudio do Android 11 é o Multi-Audio Focus. Até o Android 10, o volume era controlado pelo aplicativo em primeiro plano. Isso quer dizer que, caso mais de um app estivesse reproduzindo sons, todos seriam afetados por mudanças realizadas no aplicativo aberto no momento. Com a nova função, é possível que haja controles finos para cada fonte de áudio.

Página de compartilhamento mais rápida

Compartilhar arquivos em versões anteriores do Android sempre eram um problema ao entrar na página de compartilhamento. Visando acabar com qualquer lentidão, a Google modificou a aba, salvando na memória os ícones e outros elementos, de modo que o carregamento seja mais veloz.

Melhorias de gerenciamento de memória

Novidades também na maneira em que o Android 11 gerencia a quantidade de memória disponível. O sistema analisa um processo em execução de múltiplas maneiras, incluindo sua prioridade, seu tipo e se ele está em primeiro ou segundo plano. As melhorias devem reduzir o estresse na CPU, elevar a autonomia do aparelho e manter uma quantidade saudável de memória livre.

Android 11 Go Edition

A versão "Lite" do Android 11 também trouxe diversas novidades. Celulares com restrições em seu hardware que equipem o sistema mais leve agora oferecerão suporte a múltiplos usuários, gerenciamento de perfis e novidades no funcionamento das notificações. No entanto, os novos recursos ainda dependerão de modificações realizadas pelas fabricantes.

Suporte a wallpapers em 10-bit

Uma falha presente nas versões mais antigas do Android causava travamentos graves em celulares quando papéis de parede com perfis de cores avançados fossem definidos para a tela inicial. O sistema deveria realizar a conversão das cores para se adaptar às telas dos smartphones, mas esse processo possuía sérios erros. A Google corrigiu o problema oficialmente com o Android 11.

Novos atalhos nas teclas de volume

Não é raro que aplicativos na Play Store ativem atalhos especiais personalizados no sistema do robozinho. Agora, com o Android 11 isso deverá ser feito de maneira nativa, com opções de um, dois ou três cliques no botão. Ainda não se sabe, porém, se isso será restrito à linha Pixel, ou mesmo se está sendo adicionado com outras fabricantes em mente.

Gerenciamento de perfis de trabalho com o Digital Wellbeing

O Digital Wellbeing deverá agora gerenciar os perfis de trabalho de maneira automática. De acordo com os códigos, um timer poderá ser aplicado para que esses perfis sejam ativados e desativados de acordo com o horário do dia.

Fonte:TudoCelular